+012 (3546) 547

[email protected]

Mon - Fri : 8:00 AM to 7:00 PM

Blog Arquivos

Início-Energia solar residencial-Energia solar residencial
energia-solar-residencial

Energia solar residencial: Saiba o que todos deveriam saber Sobre Energia solar residencial

A energia solar residencial já faz parte da vida de muitas pessoas.

Seu uso tem crescido evidentemente nos últimos anos no Brasil.

Principalmente as que buscam pela produção de energia limpa e renovável por meio de painéis solares.

Em síntese, a energia solar residencial pode suprir o consumo de um imóvel gerando até 95% de economia na conta de energia.

Isso é possível por meio de um sistema de compensação de energia.

O real funcionamento do sistema de energia solar residencial ainda é desconhecido pela maioria dos consumidores brasileiros.

como-funciona-energia-solar-residencial

Como funciona a energia solar residencial?

A energia solar residencial nada mais é do que a instalação de placas solares e de sistemas de captação de energia fotovoltaica.

Isso garante que exista uma autonomia energética para residências bem como uma economia na conta de luz.

A maior diferença entre esse tipo de aplicação residencial e as de estabelecimentos está na potência em gerar energia.

Comércios e indústrias têm uma necessidade bem maior de potência energética do que casas.

Por este motivo, o sistema de energia solar residencial capta energia de forma diferente.

energia-solar-residencial-vale-a-pena

Quais são os tipos de energia solar residencial?

A instalação de sistemas de energia solar residencial pode representar uma considerável economia nas tarifas de energia elétrica.

Apesar de ser uma tecnologia relativamente nova, esse benefício faz com que o número de usuários cresça a cada dia.

A adesão a esse tipo de geração de energia é um tanto quanto fácil e descomplicada.

Porém entender melhor quais são as alternativas disponíveis pode colaborar bastante na escolha pelo melhor sistema para cada imóvel.

Existem três principais sistemas residenciais de geração de energia solar: o on-grid, o off-grid e os sistemas híbridos.

Os chamados de on-grid são os mais populares e têm conexão direta com a rede elétrica.

Dessa maneira, qualquer excedente de energia é enviado à distribuidora e o proprietário do imóvel ganha um desconto em sua conta.

Além disso, se a geração de energia não for suficiente para suprir às necessidades da residência, a rede elétrica fornece o restante.

O off-grid é um sistema autônomo, sem ligação com a rede elétrica.

Bastante usado em locais mais remotos, sem a cobertura do sistema de energia elétrica.

A energia excedente gerada pelas placas solares pode ser armazenada em baterias.

Com o propósito de garantir o abastecimento mesmo em dias chuvosos, nublados ou durante a noite.

Já os sistemas híbridos são caracterizados por sua ligação à rede de energia.

Como também serem capazes de armazenar a produção excedente em baterias, agregando, assim, características dos sistemas on-grid e off-grid.

Sistemas híbridos oferecem, ainda, mais independência para o usuário.

Isso faz com que sejam capazes de fornecer energia mesmo durante a noite.

Ademais, esses sistemas são capazes de reduzir a conta de luz ainda mais, pela rede elétrica ser usada menos vezes.

kit-energia-solar-residencial-preço

Quanto custa a energia solar residencial?

O valor que você pagar para ter energia solar residencial depende de inúmeras variáveis.

Para calcular o custo final do projeto residencial é preciso levar em consideração primeiro a localização da residência.

Na sequência, se possui acesso à rede elétrica ou não, consumo mensal de energia e o tipo de ligação necessário.

Esses valores são necessários quando entendemos como funciona a energia solar residencial, pois os painéis solares convertem a luz solar em energia elétrica.

Essa energia é enviada até o inversor interativo e convertida para ser utilizada em nossas casas e empresas.

Todas essas informações são analisadas para que se possa dimensionar corretamente o sistema de energia solar residencial.

Os geradores de energia solar que são compostos pelo painel solar residencial, inversor e demais equipamentos.

Assim como os componentes para se converter a luz do sol em energia elétrica solar.

Uma das grandes influências sobre os preços de um projeto está nos custos dos painéis solares e demais componentes do sistema em solo brasileiro.

Mesmo com alguns raros incentivos estaduais e federais para reduzir de forma significativa a carga de impostos.

Ainda assim existem muitos custos para trazer os equipamentos produzidos no exterior ao Brasil e torná-los nacionais.

Os custos com transporte, armazenamento e desembaraço burocrático ainda pesam muito sobre o produto que chega ao consumidor.

Ainda bem que com a entrada dos grandes produtores no Brasil, a tendência é melhorar estes valores.

Com o propósito de suprirem as grandes plantas solares fotovoltaicas que serão instaladas, após os sucessivos leilões de energia solar.

Como muitos dos equipamentos são, basicamente, os mesmos utilizados em um projeto de energia solar residencial, os custos acabam caindo.

kit-energia-solar-residencial

Quais os custos de produção do projeto?

Mas não são somente os equipamentos que aumentam os preços, há também os custos relacionados com a engenharia do projeto.

Como um todo: a produção do projeto, com todo o conhecimento necessário para fazer um bom trabalho.

Assim como a obra em si, com toda a experiência necessária para que seja realizada uma instalação de qualidade.

O salário médio de um engenheiro eletricista, em uma empresa de pequeno porte, varia entre R$ 3.500,00 e R$ 8.500,00.

O salário médio de um técnico em eletrotécnica, também em uma empresa de pequeno porte, varia entre R$ 1.700,00 a até R$ 3.000,00.

Ainda que o engenheiro eletricista (ou eletrotécnico) seja o dono da empresa, é necessária uma remuneração média para esse profissional.

Os projetos elétricos e civis para a instalação de um gerador solar fotovoltaico não são demasiadamente complexos.

O que torna possível aproveitar muitos dos conteúdos de um projeto para outro (diagramas, desenhos, listas de componentes, etc.).

Porém cada caso deve ser analisado separadamente, pois é muito difícil de encontrar dois cenários parecidos.

O que mais toma tempo no projeto é a análise do que será feito e de que forma será feito.

Para que, ao final de tudo isso tenha o projeto de energia solar residencial.

Quanto mais complexas são as análises, mais tempo elas tomam e, isso significa mais custo de “homem-hora” por projeto.

Assim, mesmo um gerador de muito baixa potência pode requerer um cuidado técnico minucioso, assim como uma grande obra.

sistema-de-energia-solar-residencial

Quando a energia solar residencial vale a pena?

Diante de depoimentos de usuários do sistema de energia solar residencial, o investimento vale muito a pena.

Mas vamos aos pontos que realmente comprovam que este tipo de energia é a melhor escolha para sua casa.

Primeiramente você precisa levar em conta que a instalação da energia solar residencial é um investimento.

Diferente da compra de um eletrodoméstico, por exemplo, ela te dá um retorno financeiro na economia da conta de luz.

Além disso, a vida útil das placas solares é maior do que 25 anos.

Levando em consideração que começa este sistema se paga entre 4 e 7 anos, esses números são tentadores.

Uma coisa que nos faz desistir de algo que queremos é a manutenção que isto demanda.

Adivinhe só? A energia solar residencial precisa de pouca manutenção e a mais necessária pode ser feita por você mesmo!

É preciso cuidar da limpeza dos módulos e da parte elétrica, a primeira pode ser feita por você de vez em quando.

Já a segunda precisa de um profissional a cada 6 meses a fim de otimizar a geração do sistema.

Reparos frequentes também fogem da rotina de quem utiliza placas solares, os equipamentos são fabricados com as peças mais resistentes.

Assim como é resistente contra grandes pedaços de granizos e até mesmo a raios.

Silêncio na geração de energia e rápida instalação são mais dois motivos para você aderir à energia solar residencial.

Por fim, a cereja do bolo: instalar seu próprio sistema de energia te protege contra a inflação energética!

O preço que o povo brasileiro paga pela energia elétrica continuará a subir devido a inúmeros fatores.

Cabe a você decidir se continua pagando por tudo isso ou se parte para a instalação das placas solares.

energia-solar-residencial-preço

Como instalar a energia solar?

Se você chegou até aqui, possivelmente está interessado em fazer parte da população brasileira que adotou a energia solar residencial.

Os passos que você precisa seguir para essa instalação são basicamente simples.

Em primeiro lugar você precisa entender a sua conta de luz para definir suas necessidades energéticas.

Assim você terá os dados corretos para ir atrás dos orçamentos possíveis e decidir qual o melhor sistema instalar.

O sucesso da instalação da energia solar residencial está diretamente ligado à qualidade do serviço prestado.

Por isso você deve atentar-se bastante em busca dos melhores profissionais.

Nós da Construtora Monte Verde estamos a postos para que você tenha a energia solar residencial a sua disposição.

Não se esqueça de se informar sobre as políticas relacionadas à instalação de placas solares em sua região.

Se você escolher a opção on-grid, vai precisar da autorização de sua distribuidora de energia para as adaptações no relógio.

Entre em Contato Solicite um orçamento para Energia Solar residencial

Share:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *